Guia de Fazendas

Fazenda Jaguaretê

(Foto: Divulgação / Fazenda Jaguaretê)

Atividade: Venda de genética, matrizes e touros Simental selecionados geneticamente.
Raça: Simental
Cidade: Eldorado do Sul
Região: Rio Grande do Sul
País: Brasil
Telefone: (51) 3287 7844
E-mail: jaguarete@jaguarete.com.br
Site: http://www.jaguarete.com.br

Integração total
 

Fazenda Jaguaretê soluciona a falta de integração entre os agentes da cadeia da carne com um programa de fomento ao uso de genética Simental, que garante a compra de bezerros com premiação.
 

Informe publicitário
 

Produzir carne de qualidade para incentivar o consumo é uma missão de toda a cadeia produtiva. No entanto, a falta de integração entre seus agentes torna moroso o processo de padronização de produção e faz com que a pecuária brasileira perca oportunidades de conquistar os mercados que mais remuneram. Entretanto, um projeto que começou no Rio Grande do Sul está apontando o caminho para a integração definitiva entre terminadores e criadores de gado de corte, premiando cada segmento de acordo com a entrega de animais qualificados.
 

A Fazenda Jaguaretê, em Eldorado do Sul/RS, estabeleceu seu rebanho comercial há mais de 50 anos, 20 dos quais dedicados à criação da raça Simental, selecionando animais de fácil adaptação, resistentes a carrapatos, com excelente habilidade materna e rendimento de carcaça. O rebanho altamente eficiente propiciou criar um modelo de negócio que integrasse os pecuaristas através de um programa de fomento ao uso de genética Simental (sêmen de seus raçadores), a assistência técnica e garante a compra de terneiros qualificados. Entre outras raças, a inseminação também pode ser feita em fêmeas Angus, Hereford, Braford e Brangus.
 

Os parceiros têm garantia total de compra dos animais a partir da desmama. Machos entre sete e 12 meses, com peso superior a 200 kg, são comprados 6% acima do preço médio da categoria nos últimos 3 leilões oficiais no RS. As fêmeas na mesma idade são compradas no valor de macho. Fêmeas vazias até 18 meses de idade com no máximo 280 kg e machos castrados da mesma idade com até 300 kg são comprados valorizados em 5% sobre o boi gordo, com pagamento à vista, livre de comissão e despesas com transporte.
 

Após comprar a produção dos parceiros, a Fazenda Jaguaretê realiza a terminação em confinamento, fornecendo uma dieta que possibilite a terminação dos animais com no máximo 20 meses de idade e peso acima de 450 kg. No intuito de potencializar a lucratividade na fase de engorda, a Fazenda Jaguaretê em 2013 investiu na construção de um confinamento totalmente coberto com mais de 9600 m². O projeto elaborado de acordo com as normas de bem estar animal, além de propiciar um manejo de dejetos sólidos que são utilizados na agricultura.
 

Premiando o consumidor
Durante a realização da Feicorte 2013, a Fazenda Jaguaretê lançou a Carne Jaguaretê, que agora leva o selo da propriedade e garante marmoreio, sabor e maciez. Só podem ser abatidos animais 100% europeus (50% continental e 50% Angus ou Hereford) produzidos através do programa de fomento à genética Simental da Fazenda Jaguaretê, onde são recriados em pastagens de azevém e terminados no cocho. O abate obedece a padrões internacionais com total garantia de qualidade no seu processo industrial. Assim, termina na mesa do consumidor o processo que começou na padronização da produção de bezerros Simental de linhagem africana e que serve de exemplo para que a pecuária nacional conquiste os mercados interno e externo, que aprenderam a diferenciar carne na gôndola do supermercado e pagam mais pela qualidade.

 

>> Conheça em detalhes o projeto de fomento ao uso de genética Simental desenvolvido pela Fazenda Jaguaretê. Veja ainda detalhes do manejo reprodutivo e nutricional que a propriedade desenvolveu para a criação da marca Carne Jaguaretê
 

Formulário de Contato

Enviar