Guia de Fazendas

Sociedade Agropecuária Sanlopes - Fazenda Santa Sofia

Atividade: Pecuária (cria recria e engorda), venda de animais brangus selecionados geneticamente
Cidade: Camapuã-MS
País: Brasil
Telefone: (67) 3682 1044
E-mail: gilvan.s.lopes@terra.com.br

Informe publicitário

Seleção de 20 anos prova eficiência do brangus no Brasil Central

O sucesso de um empreendimento, em geral, depende de dois fatores: a eficiência na gestão e a aposta em alguma característica nova, ou renovada, de mercado. É nisso que consiste a atividade da Sanlopes Sociedade Agropecuária, propriedade da família Sant`anna Lopes, administrada pelo patriarca Sr. Italo Lopes e seu filho o Sr. Gilvan Sant`anna Lopes. A empresa iniciou em 1993 um programa próprio de seleção genética do seu rebanho com a raça brangus e vem aprimorando os animais até hoje através de técnicas de reprodução animal na fazenda da empresa, localizada em Camapuã, interior do Mato Grosso do Sul, distante cerca de 200 quilômetros da capital Campo Grande.

Atualmente todo o manejo reprodutivo é realizado através de inseminação artificial ou transferência de embriões. Neste caso, os folículos são coletados das melhores fêmeas do rebanho brangus 3/8 (cruzados em sua maioria com Nelore). O ideal é que, com a sequência deste trabalho de melhoramento, todas as matrizes da Sanlopes Sociedade Agropecuária sejam selecionadas como potenciais doadoras. “Seleção genética não é padrão racial, é eficiência”, afirma o médico veterinário Mário Luiz Pompeo, consultor da Sanlopes. Para Pompeo, o sucesso genético depende da seleção por fertilidade, peso na desmama e bezerros sadios, ou seja: mães que passem imunidade aos filhotes.

A Sanlopes trabalha com o ciclo completo da pecuária – cria, recria e engorda. São cerca de 2500 matrizes e, ao todo, 6300 cabeças. Além das fêmeas, todo ano é selecionado um lote de machos, que são avaliados na desmama e ao sobreano (18 meses), para os seguintes quesitos:
- Peso da mãe
- Peso do bezerro na desmama
- Peso corrigido
- Caracterização racial
- Circunferência escrotal
- Altura
- Conformação de carcaça para o frigorífico

Os animais acima da média (20% no caso dos machos e 50% das fêmeas) são selecionados para reprodução - os machos destinados à venda e as bezerras cabeceira incorporadas ao plantel. Os machos que não têm consangüinidade com as fêmeas do plantel são usados apenas uma vez no repasse e, ao fim da estação de monta, ficam disponíveis para a venda permanente na Sanlopes. Por ano, são produzidos cerca de 200 tourinhos.

Das vacas descartadas, as que têm boa capacidade produtiva, mas marcantes deficiências raciais, podem ser utilizadas na transferência de embrião como receptoras, desde que tenham aptidão para tal. Aliás, a habilidade materna é um dos diferenciais mais importantes da raça brangus. Segundo o veterinário Mário Pompeo, o brangus é uma raça maternal, que emprenha precocemente com excelentes índices de fecundidade, repete cria regularmente a cada ano (intervalo entre partos de 12 meses ou menos) e tem excelente capacidade leiteira: podem produzir a pasto cerca de dez litros de leite por dia. Por esta razão, a vaca desmama um bezerro mais pesado.

Para fornecer condições adequadas para a estação de monta, a Sanlopes Sociedade Agropecuária reforma em média 10% de sua área de pastagens todo ano para garantir a oferta de comida para o rebanho. A cria e a recria são todas feitas a pasto, enquanto a engorda se divide entre pastagem e o confinamento. “Em uma região de solo pobre, você tem que ter eficiência na gestão com uma raça que lhe permita isso”, esclarece Mário Pompeo.

Veja abaixo a reportagem em vídeo sobre a Fazenda Santa Sofia - Sociedade Agropecuária Sanlopes:


Formulário de Contato

Enviar